Projetos

Eletrificação e repotencialização da rede de trólebus
A EMTU/SP realizou a repotencialização e complementação do sistema de tração elétrica dos trólebus do Corredor Metropolitano ABD (São Mateus – Jabaquara). Foram eletrificados 11 Km entre os Terminais Metropolitanos Piraporinha e Jabaquara.

Com as obras, o Corredor foi totalmente eletrificado, pois o trólebus já operava no trecho de 22 Km entre os Terminais Metropolitanos São Mateus e Piraporinha. A repotencialização desse trecho recuperou as estações retificadoras existentes e implantou novas, permitindo ampliar a demanda de trólebus existente.


Como benefícios alcançados com a adoção das melhorias e ampliação da rede, destacam-se a confiabilidade do sistema elétrico, a eliminação das emissões de gás carbônico (CO2) no Corredor e maior eficiência, conforto, segurança e acessibilidade total aos usuários, por conta da substituição de toda frota alocada na operação desse sistema de média capacidade por trólebus novos.

Renovação socioambiental
Buscando melhores soluções para o transporte público e pensando no bem-estar das futuras gerações, a EMTU/SP coordena nacionalmente o “Projeto Ônibus Brasileiro a Hidrogênio”, veículo que começou a ser operado experimentalmente no Corredor Metropolitano ABD  em 2009. O ônibus é o primeiro movido a hidrogênio da América Latina e tem emissão zero de poluentes, liberando para a atmosfera apenas vapor d´água. Saiba mais.

O ônibus brasileiro urbano movido a etanol esteve em testes desde junho de 2008 no Corredor Metropolitano ABD ( São Mateus – Jabaquara) e foi comprovado que é altamente confiável, não tendo havido ocorrência de problemas relacionados ao sistema de tração.


Essa nova tecnologia é o principal foco do Projeto Best (BioEthanol for Sustainable Transport ou Bioetanol para o Transporte Sustentável), programa internacional coordenado no Brasil pelo Centro Nacional de Referência em Biomassa (Cenbio) e que tem na EMTU/SP um importante parceiro para realização dos testes de viabilidade dessa tecnologia.

Corredor Metropolitano ABD - Extensão Diadema - São Paulo (Morumbi)

Esse é mais um investimento de ampliação e modernização do transporte intermunicipal na Região Metropolitana de São Paulo, promovido pela EMTU/SP e pela Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM). O sistema faz parte do Corredor Metropolitano ABD e é uma conexão de 12 Km de extensão para ligar a região do ABC paulista aos bairros do Brooklin e Morumbi, na cidade de São Paulo.