Sistema de Transporte

O sistema metropolitano de transporte sobre pneus é gerenciado pela EMTU/SP e operado por empresas privadas.


SISTEMA REGULAR: regulamentado pelo Decreto nº 24.675/86 oferece transporte metropolitano coletivo de passageiros por ônibus.

  • Serviço Comum – composto por conjuntos de linhas ligando pelo menos dois municípios que fazem parte da mesma região metropolitana. São atendidos por ônibus urbanos comuns, com transporte de passageiros sentados e em pé.

  • Serviço Seletivo – composto por conjuntos de linhas ligando pelo menos dois municípios que fazem parte da mesma região metropolitana. São atendidos por ônibus do tipo rodoviário, com transporte apenas de passageiros sentados.

  • Nas Regiões Metropolitanas de São Paulo e Campinas, a EMTU/SP gerencia também o sistema RTO - Reserva Técnica Operacional, composto por linhas intermunicipais operadas por empresas individuais que operam, cada uma, um único veículo coletivo de pequeno porte (microônibus e vans até 20 lugares).

  • Ainda na Região Metropolitana de São Paulo, a EMTU/SP controla a operação do Corredor Metropolitano São Mateus – Jabaquara, de 33 Km de vias exclusivas percorrendo cinco municípios da RMSP. O sistema conta com nove Terminais de Transferência, 111 paradas e uma frota de mais de 200 veículos. Transporta diariamente mais de 200 mil passageiros. Desde 1997 é objeto de uma Concessão operada pela empresa Metra – Sistema Metropolitano de Transportes Ltda.
  • Serviço Aeroporto (Airport Bus Service) – transporte entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos, prestado por duas modalidades de serviço. O comum, operado por ônibus urbanos, ligando o Aeroporto e a Estação Tatuapé do Metrô, e o Especial, ligando aquele terminal ao Aeroporto de Congonhas, Praça da República, Terminal Rodoviário do Tietê, Circuito dos Hotéis (Região da Av. Paulista) e Shopping Eldorado.
  • Ponte Orca Zoo – oferecendo transporte direto entre o Terminal Metropolitano do Jabaquara e o Zoológico de São Paulo, operado por ORCA´s.
  • Sistema Fretamento: Pelo Decreto nº 19.835/82 tem como característica básica a cobrança periódica para execução do serviço